dicas da Linda

6 Dicas de como fazer sua mala

Publicado em 23/03/2017 às 13h37

6 truques para fazer a mala como um perito

 costureira vila leopoldina

A Oficina de Costura Vila Leopoldina e suas costureiras vão dar algumas dicas de como fazer uma mala rapidamente para aquela viagem que surgiu derepente, veja como é fácil.

Alguma vez você já viu-se desesperado em fazer sua mala com as roupas escolhidas aleatoriamente, algumas horas antes de correr para o aeroporto? Ou você passou semanas fazendo a mala e se perguntando qual par de sapatos combina com aquelas calças jeans ou shorts?

 

Sim, fazer a mala pode ser frustrante e pode fazer você puxar seus cabelos ou suar muito, especialmente se você tem que fazer muitas vezes, mas não precisa ser assim. Perguntei a alguns dos mais experientes viajantes as melhores dicas para bagagem e eu fiz uma lista de seis técnicas que vai fazer faça as malas e antes de você perceber Você estará fazendo as malas como um perito!

 

1. Primeira dica

Faça mala na noite anterior, não importa que hora você vai voar e torne o processo mais fácil, escolhendo roupas e roupas que costuma usar, em vez de vasculhar o seu guarda-roupa olhando roupas e roupas. Você esqueceu algo? Não se estresse, lembre-se que você pode comprar a maioria das coisas no seu destino (e, como um bônus, você vai levar para casa um novo casaco, chapéu ou um par fantástico de sapatos)

 

2. segunda dica

Tente viajar vestindo apenas uma pequena mala com rodas enrole todas as suas roupas em vez de dobrar. É, realmente economiza muito espaço e ajuda a prevenir rugas. (Confira como os peritos fazem.) Para guardar pequenas coisas como jóias e escovas de dentes, usar luvas de plástico descartáveis: todos mantidos separadamente, organizado e limpo.

 costureira vila leopoldina

3. Terceira dica: enxaguar o estilo local

Evite viajar com grandes garrafas de shampoo e condicionador ou potes de creme, alem de ser um ótimo motivo para passar no supermercado local facilita a passagem pela alfândega. Excensial somente o batom durante o voo

 

4. quarta dica: o truque é NA PREPARAÇÃO

Prepare tudo com cuidado, para ter apenas o que você realmente vai usar. Comece por localizar as coisas essenciais; no meu caso, eles são: sapatos de esportes running, traje de banho, óculos de sol e um livro. Em seguida, coloque as roupas que irá atendê-la para as coisas que você vai fazer durante a viagem Passar alguns dias passeando por vários lugares e lutar contra a tentação de encher a mala impulsivamente com as coisas que você sabe que não vai usar que pode ser difícil, especialmente se a sua mala parece meio vazia

 

5. Quinta dica: SEMPRE leve alguma reserva

Embora o melhor é viajar somente com bagagem de mão, se você precisa para transportar uma mala ou saco grande, leve sempre uma emergência de reposição em sua bagagem de mão, ideal para aqueles momentos em que você se encontra preso por um dia ou dois em seu destino sem sua mala (porque você não seria a pessoa vestindo a mesma roupa interior por quatro dias consecutivos, certo?). Dica extra: manter saquinhos que pano para  sapatos novos, para envolver pequenos itens como meias, roupa interior ou fatos de banho. Não se esqueça de levar um saco mais para a roupa suja!

 

6. Sexta dica: DE BASE PARA OS SALTOS

Sempre começar com o básico e ter certeza que tem o básico resolvido: levar o seu passaporte, cartões (débito e crédito), telefone e carregador, fones de ouvido (precisa a trilha sonora da sua vida!), Goma, Kleenex, Band-Aids , maquiagem e analgésicos, e depois vai para coisas importantes, como o seu par favorito de sapatos de salto: nunca vai faltar uma festa para você ir arrasando

Se mesmo com essas dicas voce tiver dúvidas, venha tomar um café conosco aqui na Oficina Vila Leopoldina nossas costureiras estao sempre dispostas a conversar não só sobre costura mas sobre tudo que voce quiser

 

 

Comentários (0)

como surgiu o ziper

Publicado em 03/10/2016 às 15h46

Oficina de Costura Leopoldina e suas costureiras falam um pouco sobre o ziper e sua invenção.

Surgiu em 1893 para substituir os laços das botas de cano alto, mas só depois de dezessete anos surgiu o zíper moderno.

Foi o engenheiro e inventor americano Whitcomb Judson quem registrou em 1893 a primeira patente de um feixe tipo zíper, para substituir os laços das botas de cano alto.

costura e ziper

Era ainda um artefato rudimentar – uma seqüência de ganchos e furos. Talvez por isso, passou despercebido.

Dezessete anos passaram-se até aparecer o zíper moderno, obra do engenheiro sueco-americano Gideon Sundback.

Mas os primeiros fechos deram dor de cabeça: Não era fácil e fechar os colchetes e havia a necessidade de descosturá-los antes de lavar as roupas, para evitar a ferrugem.

Voce já imaginou o trabalho de costura e a quantidade de costureiras que seriam necessárias para costurar e descosturar estes zipers.

Essas dificuldades foram resolvidas com o uso de novos materiais nas zíper boots, criadas em 1923 pelo famoso fabricante de pneus B.F. Goodrich – o mesmo, por sinal, que cunhou o nome zípper, baseado no som que fazia ao fechar as suas botas de borracha.

Fonte: super.abril.com.br

Era uma vez: O zíper 

Em 1893, o americano W. Litcomb Judson patenteou um sistema de fecho que era feito de ganchos e fendas que se agarravam para abrir e fechar. Ainda era um esboço do que conheceríamos mais tarde como zíper.

Só em 1913, o sueco Teodoro Parejas que trabalhando nos Estados Unidos, desenvolveu as idéias de Judson e produziu um fecho semelhante só que sem os ganchos pontiagudos, usando no lugar “dentes” de metal. No começo, esse tipo de fecho era usado para bolsinhas que guardavam tabaco e dinheiro.

Depois e 1917 a marinha americana começou a fabricar casacos que usavam o zíper na frente.

Quem batizou o zíper de “zipper” foi B.G. Worth, baseado em modelos de fechos semelhantes usados em sapatos. A estilista Elsa Schiaparelli foi uma das primeiras a usar o zíper na moda, somente no início da década de trinta.

Hoje em dia não imaginamos nossas vidas sem esse artigo tão simples que nem prestamos atenção. Mas o que seria dos nossos jeans, sapatos, jaquetas, vestidos, bolsas… sem o zíper?

Oficina de Costura Leopoldina é especialista na colocação de troca de todos os tipos de zipers existentes no mercado, venha conhecer o serviço de costura de nossas costureiras.

Comentários (0)

Curiosidades sobre a moda

Publicado por Ana Neri em 27/09/2016 às 17h29

Existem certas coisas no mundo da moda que não tem explicação, neste post da Oficina de Costura Leopoldina vamos tentar explicar alguns desses fatos. A Oficina de Costura está localizada na Rua Guaipá, 1078 na Vila Leopoldina e conta com excelentes costureiras com experiência na costura, reforma e customização de roupas.

 

1. Porque as noivas usam vestidos brancos

 Resultado de imagem para married white dress

A moda começou com Napoleão e Josefina; na época da coroação de Napoleão ambos madaram fazer roupas brancos bordadas com fios de ouro significando a pureza e a iluminação, alem de honestidade e limpeza. O próprio papa foi chamado para a coroação e foi neste momento que o casal confessou que não era casado, o Papa ficou chocado com a afirmação e realizou a união formal dos dois antes da coroação; com os dois vestidos de branco, e a moda pegou, antes disso as pessoas se casavam com roupas de qualquer cor....Se não tivesse acontecido isso hoje em dia ia valer até jeans.

 

2. De onde apareceram as alianças e o buque de noiva

 Resultado de imagem para married rings

Na idade media acreditava-se que havia uma veia que ligava o dedo anelar esquerdo ao coração, por isso o anel era colocado neste dedo. O buque segurado na posição do ventre significa fertilidade.

 

3. Porque os pijamas tem um bolso na camisa do lado esquerdo

 Resultado de imagem para man pijamas

Pijama que significa morte diária era usada pelos faraós quando eles morriam, portanto esta peça nasceu a 6.000 anos. Apos vestido com o pijama um escaravelho era colocado no bolso do pijama; naquele período o escaravelho tinha tanto a simbolismo de morte como de renascimento.

A Oficina de Costura Leopoldina e suas costureiras também são especialistas na reforma, conserto e costura de pijamas.

 

4. E a moda das mulheres usarem calças.

 

Uma das primeiras mulheres a utilizar calças foi a atriz Marlene Dietrich nos anos 20 para facilitar a montaria em cavalos até esta época poucas mulheres ousavam utilizar calças.

 

5. Onde surgiu o bikini

 

Nos anos 40 os Estados Unidos realizaram testes atômicos no Atol de Bikini no Pacífico, os preparativos para a explosão causou grande interesse e alvoroço. Nesta mesma época o estilista Frances Louis Réard lançava uma peça de roupa explosiva o escassissimo maio de duas peças; o produto era tão ousado que nenhum profissional de moda quis desfilar com a peça, para isso ele teve que contratar Michelle Bernardini, stripper do Casino de Paris.

 

6. Como uma tenda virou Jeans.

 Resultado de imagem para 501 jeans

O Alemão Levi Strauss chegou aos Estados Unidos trazendo na bagagem um tecido grosso e escuro excelente para fazer barracas. Logo ele percebeu que os mineiros precisavam de calças com tecidos resistentes para agüentar o tranco do dia a dia do trabalho nas minas. Levi Strauss pegou o seu tecido usou um molde de uma calça de marinheiro e surgiu a primeira calça Levi’s. Em 1856 ele inaugurou a primeira fábrica Levi Strauss & CO. Uma das especialidades da Oficina de Costura Leopoldina e de suas costureiras são as barras de calça, desde a clássica barra feita a mão até a sobreposta e a barra original.

 

7. Como surgiu o salto Anabella.

 Resultado de imagem para anabella shoes

Salvatore Ferragamo criou o famoso salto em 1936 era época de pré guerra e os materiais eram escassos Ferragamo utilizou rolhas velhas de vinho para produzir o salto e assim criou-se um clássico.

 

8. O channel numero 5

 Costureira leopoldina

E onde estão os números 1,2,3 e 4. Na verdade nunca existiram. O numero 5 era o numero da sorte da estilista Coco Chanel, por essa razão o perfume foi apresentado dia 5 de maio (mês 5) de 1921.

 

9. De onde surgiu o nome “Liberty”para as estampas florais miudinhas.

 Resultado de imagem para liberty flowers

Foi criada em 1875 por Arthur Lasenby Liberty na Inglaterra, ela recebeu este nome em referencia a Liberty of London marca criada por Arthur.

Desde então a estampa bucólica com flores miúdas estampadas em seda, algodão e cashmere e repetidas tornou-se um clássico.

 

10. Como surgiu o brechó.

 

O nome foi dado inspirado por um velho comerciante estabelecido no Rio de Janeiro no final do século XIX. O lugar era chamado de Casa de Belchior onde se vendia e comprava roupas usada.

Nós da Oficina de Costura Leopoldina e nossas costureiras ficamos muito felizes em poder mostrar em nossos posts curiosidade e novidades para nossas clientes. E lembre-se precisando de reforma, costura ou customização de roupas venha até nossa Oficina de Costura na Rua Guaipá, 1078 – Vila Leopoldina.

 

 

Comentários (0)

Reforme suas roupas

Publicado em 27/09/2016 às 13h45

Aqui a Oficina de Costura Leopoldina e suas costureiras vão mostrar para voce como deixar sua calça jeans cheia de estilo com um pequeno detalhe fácil e rápido de fazer. Este detalhe vai dar um toque de sensualidade naquela calça jeans mais usadianha e que voce já não botava tanta fé.

Vamos lá junto com a Oficina de Costura Leopoldina:

 

Passo 1

Escolha uma calça jeans mais usada com uma lavagem mais clara, aquela que voce tem pena de se desfazer...rs

costura vial leopoldina

 

Passo 2: Separe o material a ser utilizado, tesoura, cola de tecido, alfinete, entretela e um belo pedaço de renda, quando eu digo belo quero dizer bonito não muito grande pois é só um detalhe. Dicas da Oficina de Costura Leopoldina e da nossa costureira Ana Neri.

costura vila leopoldina 

Passo 3: onde voce vai cortar, com um lapis colorido marque na peça onde cortar e a forma do corte....ai fica a gosto do freguês, maior, menor, reto ou irregular.

 

 

Passo 5: CORAGEM...mande ver com a tesoura...sem medo de ser feliz.

costura vila leopoldina

 

Passo 6: Com a entretela e a cola de tecidos cole a renda pelo lado do avesso da calça.

costura Vila Leopoldina

 

Passo 7: Vire a Calça do lado correto e passe uma costura para refoçar a entretela e a cola e seja Sensualissiama....

 

Esta foi mais uma dica da Oficina de Costura Leopoldina através da sua costureira Ana Neri....Qualquer dúvida venha até nós e pergunte pessoalmente a Ana que vai ter o maior prazer em esclarecer suas duvidas.

 

 
Comentários (0)

Feng shui nas roupas

Publicado por Ana Neri em 27/09/2016 às 10h07

A Oficina de Costura Leopoldina fala um pouco sobre o feng shui, venha conhecer nossos serviços e nossas costureiras e entenda um pouco mais sobre esta modalidade milenas

 

Em determinadas ocasiões você pode usar roupas dentro dos conceitos fundamentais do Feng Shui independente da moda.

 

Veja como usar:

 

Para fechar um contrato, vender um produto.

 

Este é um momento onde você deve demonstrar poder, capacidade e passar confiança. É necessário que você passe confiança e mostre que sua empresa e você estão preparados para atender as demandas do cliente; neste caso o vermelho pode e deve compor seu visual. No caso de uma postura mais discreta recomenda-se o branco.

 

Para mediar ou remediar um conflito.

 

Promover a Paz é sempre muito difícil, analise com cuidado a situação e seja discreto principalmente se você estiver errado. Escolha roupas de tom pastel, em tons de bege, rosa ou azul e seus derivados. Evite as roupas de corte rígido ou muito despojado, seja fluido, coloque um toque de branco para mostrar suas boas intenções.

 

Para se defender de uma injustiça.

 

As palavras para esta ocasião são retidão de caráter, sinceridade e franqueza.

Opte por uma composição que tenhacomo base o branco ou o azul marinho com alguns detalhes em amarelo ou marron, O visual deve ser leve sem muitas informações. Não use acessórios extravagantes.

Cuidado com o cabelo, ele não deve tampar o rosto para não dar a impresssão que você tem algo a esconder. Sapatos baixos são indicados. Tudo isto mostra que para você o seu interior é mais importante que o exterior.

 

Para um encontro romântico.

 

Não, não é o vermelho, o Feng Shui sugere tons levemente alaranjados ou rosas. As formas devem ser orgânicas e leves na composição visual. Evite babados isso pode passar a impressão de que você é sonhadora e frágil.

Já se sua intenção for seduzir o veremelho pode predominar, os saltos podem ser alto e finos, pois isto denota feminilidade.

 

No dia a dia  abra o guarda roupa e escolha o que vestir pois esta escolha vai refletir seu estado de espírito.

 

Lembre-se Feng Shui é equilíbrio.

 

Caso voce queira aplicar um pouco dessas técnicas venha até a Oficina de Costura Leopoldina na Rua Gauipá, 1078, converse com nossas costureiras e aplique estas técnicas

 

 
Comentários (0)

Como fazer um nó de gravata

Publicado por Ana Neri em 26/09/2016 às 13h04

 

A Oficina de Costura Leopoldina vai falar sobre como fazer um belo nó de gravata, parece simples mas exige muito cuidado para não dar aparência de desleixo. Venha conversar com nossas costureiras pois fazemos o trabalho de afinar gravatas.

Como fazer um nó de gravata

 

Um pouco de história:

 

Os primeiros momentos da gravata vem da antiguidade, em esculturas romanas os legionários usavam "foulards"(os focales romanos), lencinhos amarrados ao pescoço para protege-se do sol e limpar o suor. Até mesmo nas esculturas de terracota do exercito chines descobertos em 1974 exeistem sinais destes lencinhos.

A moda do uso de gravatas foi lançada na França em meados de 1650, por membros da elite que se inspiravam em vestimentas militar. De lá para cá sofreu modificações, evoluiu, ganhou o mundo e se tornou peça-chave na vestimenta masculina.

Mesmo assim fazer o nó da gravata provoca pesadelos em alguns homens, neste post vamos mostrar os nós mais utlizados.

 

O nó simples é o clássico do nós, é rápido de fazer e pode ser utlizado na maioria dos colarinhos, perfeito para os homens de média e elevada estatura.

 

O nó duplo 'muito parecido com o nó simples a única diferença é que exige mais uma rotação, mais grosso no seu aspecto ele vai bem com a maioria das camisas e perfeito para todas as gravatas exceto as muitos espessas.

 

 

O nó windsor é nó dos grandes momentos, totalmente ingles. O seu nome provem do Duque de Windsor que o popularizou. Como ele é volumoso deve ser realizado com colarinhos afastados, como o italiano ou os colarinhos windsor, para ser perfeito ele necessita esconder o último botão da camisa.

 

 

 

O nó pequeno é como seu nome indica pequeno el adequa-se a gravatas com tecido espesso ou as camisas de colarinho apertado. Este é o nó mais simples de ser feito.

 

 

 

Gravata Borboleta normalmente utiliza-se com smoking preto e uma camisa branca com colarinho partido. Esta gravata pode ser utilizada de forma mais descontraida com uma camisa de colarinhos afastados.

 

 Nós da Oficina de Costura Leopoldina através de nossas costureiras reformamos suas gravatas na largura que mais lhe agradar. Estamos localizados na Rua Guaipá, 1078 - Vila Leopoldina - Tel. - 11.3831.0099

 

 
Comentários (0)

As roupas básicas femininas

Publicado por Ana Neri em 26/09/2016 às 12h45

A Oficina de Costura Leopoldina e suas costureiras vão falar sobre o Guarda-roupas básico feminino.
Para você montar um guarda-roupa pense em cooordenação de roupas. Com várias peças Basicas você pode compor vários looks, desde um passeio no shopping até um almoço mais caprichado.

 

Vamos dividir as roupas na parte superior TOP, parte inferior BOTTON e em VESTIDOS, SAPATOS, BOLSAS e CINTOS.

 

Tops

 

4 camisetas básicas.

1 básica com detalhes

2 blusas de manga comprida

2 regatas

2 camisas sendo uma branca

3 blusas mais socais

1 sueter

2 cardigans

1 jaqueta de jeans ou couro

1 blazer

 

Bottons

 

2 saias sociais

1 saia mais justa

2 shorts jeans

1 short social

1 legging

1 calça reta

2 calças jeans, pode ser skinny

 

Vestidos

 

2 vestidos para sair, não necessariamente de balada

2 vestidos para sair durante o dia

2 vestidos de festa

 

Sapatos

 

2 pares de sapatilha (mocasins contam)

1 par de tênis

1 par de sapatos mais estruturados tipo Oxford

2 sapatos de salto para sair (preto é fundamental)

1 bota de cano longo

1 bota de cano curto

 

Bolsas e Cintos

 

1 bolsa pequena para o dia a dia

1 bolsa grande para o dia a dia

1 cinto largo

1 cinto com mais detalhes

2 cintos finos

 

Lembre-se para compor vários looks conheça as pecas do seu guarda roupas, não compre pelo impulso e mesmo que uma peça esteja na moda você não é obrigada a usa-la se não lhe cai bem. Mantenha alguns itens coringa como lenços, chapéus, jaquetas e roupas customizadas que tenham a ver com seu estilo.

 
Comentários (0)

Nossas costureiras e o seu sapato ideal

Publicado por Ana Neri em 26/09/2016 às 12h17

A Oficina de Costura Leopoldina e suas costureiras falam sobre como encontrar seu sapato ideal

1. O numero que vem impresso nem sempre corresponde ao seu, experimente o calçado e confira o conforto.

2. Conheça o seu pé e procure um calçado que seja compatível com ele....largo, fino, gordinho...

3. Experimente sempre os 2 pés do sapato e compre pelo que se adapta ao maior,,.....sim um pé é diferente do outro....um pouquinho.

4. Lembre-se seu pé está em mutação, assim como todo seu corpo.

5. Experimente seus sapatos no final do dia quando estão ligeiramente inchados.

6. Fique de pé ao experimentar os sapatos e sinta o espaço que sobra entre o último dedo e o final do sapato.

7. Não compre sapatos apertados esperando que ele alargue com o tempo de uso.

8. O calcanhar deve se adaptar ao calçado com o mínimo de atrito entre eles.

9. Caminhe naturalmente com os sapatos ao experimenta-lo.

10. O sapato que você está comprando deve ser apropriado a atividade que voce vair praticar.

 

 

Comentários (0)

As roupas para cada ocasião

Publicado por Ana Neri em 26/09/2016 às 12h07

Neste post a Oficina de Costura Leopoldina vamos falar sobre os diversos trajes e as ocasiões onde usar.

 

Black Tie ou Tênue de Soirée

Noites de gala, hoje em dia nos bailes de formatura fica restrito aos formandos.

O que usar?

Elas

Vestidos requintados longos ou curtos, transparências, pedrarias, bordados, chiquessimos.....

Sapatos altos combinando com meias finíssimas

Acessórios: Jóias, encharpes, estolas, e me desculpem os policamente corretos, peles naturais.

Eles

Smoking e camisa rigor

Sapatos socialissimos, sem excessoes

Acessórios: Gravata borboleta e faixa ambos em preto, por favor nada de bolinhas

costureira vila leopoldina

Social ou Passeio Completo

Jantares em geral, coquetéis, óperas, jantares dançantes e casamentos.

O que usar?

Elas

Vestidos longos, talleurs de crepe, vestidos com bordado, discretos e decotes.

Sapatos ou sandálias de salto alto

Acessórios sofisticados, bolsas pequenas, bijouxs

Eles

Ternos alinhados em cores escuras com camisa e gravata.

Acessórios gravata

 

Trajes formais

Almoços, esposições, conferencias, teatro

O que usar

Elas

Tailleurs de calça ou saia, com blazer e pantalona leve, a noite um pretinho Basico.

Sapato, salto ou sandália

Acessórios moderados e informais

Eles

Blazer ou calça esportiva, a noite terno cinza ou marinho.

Sapatos espotivos ou preto a noite.

 

Traje esporte

Almoços, exposições, batizados

O que usar?

Vestidos de alça, saias e camisas, tailleurs esportivos no inverno.

Sapatos salto ou sandália.

Acessórios bolsas maiores e bijouxs

Eles

Blazer ou calça esportiva

Sapatos esportivo

 

Traje esporte fino ou Tênue de Ville

Almoços , vernissages ou teatro

O que usar?

Elas

Tailleurs esportivos, calças, vestidinhos e camisas

Nossas costureiras terão imenso prazer um ajustar suas roupas na Oficina de Costura Leopoldina
Comentários (0)

Enxoval do Bebê

Publicado por Ana Neri em 26/09/2016 às 11h59

Essencial pela oficina de costura leopoldina

 

6 Bodys de mangas longas 

6 Bodys de mangas curtas 


6 Culotes 

3 Meias 

6 Macacões 

2 Casacos de lã 

2 caixas de Fraldas de tecido 
Para aparar babas, regurgitações e outras coisinhas de bebê

3 Toalhas 
Algumas com capuz 

- Banheira com trocador 
Essencial  

- Babá eletrônica 
Fique tranqüila. Se o bebê chorar, você vai ouvi-lo 

- Kit de higiene 
Com um pote para água, outro para algodão e uma garrafa térmica, você está bem servida. Se quiser, pode colocar tudo na bandeja 

- Algodão 

- Lenços umedecidos 
Leve sempre que você sair com o bebê 

- Sabonete neutro 
Útil 

- Conjunto para manicure 
Vem com tesoura para unhas, trim e uma lixa 

- Creme para assaduras 

- Escova e pente para cabelo 

- Fraldas descartáveis 
Inicialmente uns 3 pacotes depois veja qual a melhor marca para seu bebê

- Bebê-conforto 
Cadeira para o bebê usar nos primeiros 8 meses. Alguns modelos podem ser instalados no carro 

- Carrinho de passeio 

- Berço 


- Lençol para carrinho 
Com 2 ou 3 você protege o carrinho e o bebê fica mais confortável 

- Protetor de colchão 

- Protetor de berço 
Amparo colocado na lateral para evitar que o bebê se machuque 

- Lençol para berço 
Eles são lindinhos, mas você provavelmente só usará o lençol de baixo por um bom tempo. As crianças dormem enroladinhas nas mantas que usam de dia. Bastam 2 ou 3 jogos 

- Mantas 
Uma mais leve e uma bem quentinha servem para enrolar o bebê.

 

Isso é essencial mas pode ser incrementado com pequenos mimos para seu bebê, é claro que o custo aumenta na mesma proporção:

Uma dica de compra, www.alobebe.com.br tem tudo por um preço justo.

costureira vila leopoldina

Comentários (0)

left show fwR|left tsN uppercase fwB|left show fwB fsN uppercase|bnull|||news fwB tsN fwR tsY c05|normalcase fwR c15 fsI|b01 c05 bsd|login news c10|tsN normalcase fwR fsI c15 b01 bsd|b01 normalcase bsd c05|content-inner||